Resenha: Diários do Vampiro - O Confronto (L.J. Smith)

Diários do Vampiro: O Confronto

Título Original: The Vampire Diaries - The Struggle
Autor: L.J. Smith
Ano: 2009 (Brasil) 1991 (EUA)
Volume: 2
Editora: Galera Record
Páginas: 224
Avaliação: 8


Há muito tempo, quando transformou Damon e Stefan em vampiros, a bela Katherine nunca imaginou que separaria os irmãos para sempre. Seu coração pertencia aos dois, mas ambos a queriam para si. A batalha pelo coração da jovem culminou em sua morte e num pacto de vingança entre os irmãos Salvatore. Refém do acaso, Elena Gilbert não demora a perceber que, se existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Enquanto Stefan luta para controlar seus instintos, Damon persevera na missão de conquistar Elena; mas o perigo espreita o destino dos três.

Resenha:
Acabei gostando bem mais deste volume do que O Despertar, já que neste há muito mais ação e aventura do que no volume anterior.

Já no final de O Despertar, Elena vai em busca de Stefan e descobre que ele sumiu. Ela já está mais corajosa para enfrentar Damon, esperando que ele a ajude a encontrar Stefan. Sem a resposta desejada, Elena, com a ajuda de Bonnie e Meredith encontram Stefan em um poço (semi-morto) já sem poderes e bastante debilitado.

Para complicar tudo, o diário de Elena que fora roubado e continha algumas coisas escritas sobre seu sentimento por Stefan e um pouco sobre seu passado ainda não apareceu, e ela se recusa a contar para Stefan. Damon a oferece ajuda, em troca de que ela se junte a ele para reinar nas trevas.

Damon, que já aparece bem mais neste volume, faz de tudo para conquistar Elena, que já não consegue resistir tanto ao charme de Damon. Prestes a ser humilhada em público e por em risco a vida de Stefan, Elena busca Damon mais uma vez para que a ajude a encontrar seu diário e tudo fique bem.

Além disso, Elena passa de rainha da escola para uma estranha que todo mundo quer manter distância; a família não apoia seu relacionamento e ainda sugere que ela namore Damon (isso mesmo), este até faz uma visita até sua casa para um almoço. E Elena continua a se recusar a contar para Stefan o que está acontecendo.

Com fatos e cenas que te prendem a ler cada vez mais o livro, você se sente totalmente atraído para descobrir o que acontecerá a seguir. A autora escolheu bem as palavras, deixando para o final mais uma incógnita (assim como fez em O Despertar), que só será respondida no terceiro volume. O que acontece com Elena? Recupera seu diário? E Stefan? Damon? O que acontece depois? Leiam O Confronto, vocês não irão se arrepender. Estarei lendo o terceiro volume (A Fúria) e em breve e postarei mais uma resenha para vocês.

1 comentários:

Clique aqui para comentários
3 de agosto de 2014 19:20 ×

Olá Isac tudo bem? ainda não li o livro mas o despertar foi uma leitura muito agradável. Espero conseguir um tempinho para ler o próximo em breve! Sobre a série e sempre bom o pessoal ter em mente que é um pouco diferente ^^

Beijos Joi Cardoso
Estante Diagonal

Selamat Estante Diagonal dapat PERTAMAX...! Silahkan antri di pom terdekat heheheh...
Responder
avatar
admin

Olá, seja muito bem vindo ao Datilografando!

- Comentem algo relativo ao post, prometo que assim que tiver tempo irei retribuir a todos. Fora de tópico Mostrar Código Esconder Código Mostrar EmoticonEsconder Emoticon

Obrigado pelo seu comentário