Soneto do felino abandonado

Créditos: Adoção de Cães
Olá, sou mais um gato abandonado
Que desde cedo conviveu sem abrigo,
Que desde cedo conheceu o perigo.
Na rua da vida eu fui largado.

Você já deve ter me visto
Deitado por alguma calçada,
Fui entregue de mão beijada
Às ruas do imprevisto.

A fome já é de costume,
Aliada ao frio e o medo
Junto com uma triste alma.

O odor é meu melhor perfume,
Um perfume meio azedo
De perder toda a calma.



3 comentários

Clique aqui para comentários
15 de abril de 2015 22:16 ×

E quantos gatos, cachorros e humanos não estão perdidos por aí afora, não é?!
Que possamos contribuir por um mundo mais humano.

Beijão,
Blog | Youtube | Instagram

Responder
avatar
admin
16 de abril de 2015 18:36 ×

Dá um aperto no coração ver algum animal abandonado na rua e não poder abrigá-lo.

Responder
avatar
admin
19 de abril de 2015 23:49 ×

Ai meu Deus, isto me corta o coração mesmo, tudo o que se refere a bichos me emociona, amei as tristes palavras...

Beijão, Vanessa Meiser
http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

Responder
avatar
admin

Olá, seja muito bem vindo ao Datilografando!

- Comentem algo relativo ao post, prometo que assim que tiver tempo irei retribuir a todos. Fora de tópico Mostrar Código Esconder Código Mostrar EmoticonEsconder Emoticon

Obrigado pelo seu comentário